Sexta-feira, 21 de junho de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
SEGURANÇA
28/05/2024 07h14

Motorista embriagado é condenado por matar casal em acidente na SC-390

Crime foi em Tubarão, em 2022. Réu estava com CNH suspensa e foi visto em bar antes de acidente

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) obteve a condenação de um homem que cometeu dois crimes de homicídio e dois crimes de trânsito enquanto dirigia embriagado em Tubarão, na SC-390.

O réu foi julgado pelo Tribunal do Júri e sentenciado a nove anos e quatro meses de reclusão em regime inicial fechado, além de um ano de detenção em regime inicial aberto e ao pagamento de 20 dias-multa.   

O crime ocorreu em setembro de 2022. O réu, mesmo com a carteira de motorista suspensa, dirigia embriagado e fez uma ultrapassagem perigosa em local proibido, colidindo frontalmente com uma motocicleta e causando a morte instantânea das duas vítimas - condutor e a passageira da motocicleta, identificados como Vanderlei Salasário Antunes, de 50 anos, e Rosilene Nunes, de 52 anos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Os fatos, ocorridos num sábado à tarde, geraram repercussão social na comunidade local em razão da reprovabilidade da conduta do acusado, que havia sido visto bebendo num bar momentos antes e vinha conduzindo o veículo de forma perigosa, expondo a risco a vida de todos que por lá passavam. O réu, aliás, já havia sido flagrado pela polícia dirigindo embriagado outras duas vezes, anos antes", informou o MPSC.

Além dos dois homicídios, o acusado foi condenado pelos crimes de conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool e de violar a suspensão ou a proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo, ambos previstos no Código de Trânsito Brasileiro.  

O réu foi condenado, também, a pagar uma indenização de R$ 50 mil por danos morais aos familiares das vítimas. A Justiça ainda impôs a suspensão da habilitação para dirigir pelo período de um ano após o cumprimento da pena de segregação.

Receba outras notícias pelo WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Sul Agora.

Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.