Domingo, 23 de junho de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
ESPORTES
05/06/2024 07h01

Catarinense é a primeira brasileira a disputar Olimpíadas e Paralimpíadas

Criciumense Bruna Alexandre, que medalhou nas Paralimpíadas do Rio e de Tóquio, está convocada para as Olimpíadas de Paris

O esporte de Santa Catarina viveu um dia histórico nesta terça-feira (4). A atleta Bruna Alexandre, natural de Criciúma, será a primeira da história do esporte brasileiro a disputar uma edição de Paralimpíadas e de Jogos Olímpicos, marcando presença já em Paris.

A convocação foi feita pela Confederação Brasileira de Tênis Mesa nesta terça.

Na modalidade paralímpica, a catarinense já tem um extenso currículo de conquistas, inclusive com medalhas nas edições dos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro em 2016 (dois bronzes) e em Tóquio 2021 (bronze).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Antes da convocação para as Olimpíadas, Bruna Daniel já havia atingido um feito histórico no ano de 2023, quando se tornou a primeira atleta paralímpica a disputar os Jogos Pan-Americanos, realizados em Santiago no Chile e na ocasião conquistando uma honrosa medalha de prata.

Pelas redes sociais, a atleta deu um depoimento emocionante sobre a conquista. “Hoje é um dia diferente de todos que eu acordei nesses 29 anos de existência. Entre todos os anos que tenho vivido, este dia marcará minha trajetória para todo o sempre. Nunca pensei que viveria e resistiria a tantos desafios que a vida me impôs desde os meus dois meses de vida, mas hoje posso celebrar, cantar e até mesmo chorar e dividir com todos que me amam e acompanham a minha trajetória que acabo de me tornar a primeira atleta da história do Brasil a ser convocada para jogar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos em uma mesma Olimpíada”, escreveu Bruninha no Instagram.

Orgulho  

“Quando meus pais ainda choravam a perda do meu braço, ainda bebê, ouviram que um dia eu ainda daria muito orgulho para eles, e poder compartilhar este feito com eles e com vocês me faz lembrar que os sonhos de Deus jamais irão morrer, porque é em cenários de perda que Ele faz nascer vencedores”, finalizou a atleta.

Receba outras notícias pelo WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Sul Agora.

Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.