Segunda-feira, 22 de abril de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
SEGURANÇA
28/10/2020 06h00

PM aposentado é condenado a 21 anos de prisão após matar ex-esposa

Júri aconteceu nessa terça; morte foi no Dia das Mães do ano passado

O policial aposentado Ailson José Paulino, de 56 anos, acusado de matar a ex-esposa com dois tiros na cabeça na frente do filho da vítima, foi condenado nessa terça (27) a 21 anos e quatro meses de prisão em regime fechado.

Ailson recebeu a condenação pelo crime de homicídio qualificado por feminicídio, motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima. Adriana Joaquim, com 45 anos, foi assassinada com dois tiros na cabeça no Dia das Mães do ano passado, na rua Laguna, no bairro Oficinas, nas proximidades do Loteamento Soratto, em Tubarão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a polícia, a morte aconteceu após o condenado invadir a casa da vítima. O filho contou aos policiais que o homem tentou entrar no apartamento e Adriana se recusou a abrir a porta. Ele, então, teria arrombado a porta e dado os tiros. A vítima morreu no local.

Ailson já estava preso desde o dia seguinte ao crime, após se apresentar na delegacia da cidade junto ao advogado. Na época, ele alegou que teve um surto e que não aceitava a separação. A relação do casal já tinha sido interrompida havia um ano e quatro meses. Também na época, a polícia apreendeu a arma usada no crime e munições sem registro. O carro usado na fuga da cena do crime também foi recolhido.

Diário do Sul
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.