Domingo, 03 de julho de 2022
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
SAÚDE
24/05/2022 07h09

Uso de máscaras volta a ser recomendado após aumento de casos de síndrome respiratória

Segundo a Dive, a alta demanda na saúde já provoca 100% de ocupação dos leitos em algumas regiões

A chegada do frio e o aumento de casos de internações de crianças e bebês por síndrome respiratória fez as autoridades de saúde de Santa Catarina emitirem uma nota reforçando o uso da máscara de proteção contra a covid-19.

Segundo a Dive, a alta demanda na saúde já provoca 100% de ocupação dos leitos em algumas regiões. Desde março deste ano as máscaras não são mais obrigatórias no Estado. Além do uso do equipamento de proteção, os órgãos orientaram aos municípios o aumento de testagem da população com sintomas gripais, além de isolamento e rastreio de contatos em caso de covid-19.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os dados da matriz de alerta epidemiológico mostram que 37 municípios catarinenses se encontram no nível de alerta, considerando a taxa de incidência de covid, casos hospitalizados e as coberturas vacinais do esquema primário e dose de reforço.


As crianças, assim como os adultos, podem desenvolver diversas manifestações clínicas a curto e em longo prazo após contrair a doença, como fadiga, tosse, dores musculares e articulares, dor de cabeça, dificuldade para adormecer e problemas de concentração.

Diante desse cenário, a Dive alerta a população, profissionais e serviços de saúde sobre a importância das medidas de prevenção e proteção contra as doenças respiratórias nas crianças, em especial contra a influenza, a covid-19 e o Vírus Sincicial Respiratório (VSR).


Dentre elas está: a vacinação; realizar a testagem dos casos sintomáticos para covid; higienizar as mãos com frequência; evitar aglomerações e utilizar máscaras como parte de uma estratégia abrangente para proteção individual e coletiva contra infecções respiratórias. De acordo com o painel de leitos em Santa Catarina, a taxa de ocupação é de 96,08%.

Acompanhe tudo o que acontece de mais importante na região:

instagram.com/portalsulagora

Fonte: Redação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.