Sexta-feira, 22 de outubro de 2021
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
20/07/2020 07h24

Laguna volta atrás e vai adotar quarentena

Município foi notificado pelo Ministério Público nesse domingo

A prefeitura de Laguna deve publicar ainda nesta segunda-feira (20) um novo decreto adotando a quarentena no município. A informação foi confirmada pelo prefeito Mauro Candemil. Ele informou que a prefeitura recebeu, no fim da tarde desse domingo (19), uma recomendação do Ministério Público de Santa Catarina para que a Cidade Juliana adote integralmente a recomendação do Comitê Extraordinário Regional para acompanhamento e tomada de decisão quanto à covid-19, da Associação de Municípios da Região de Laguna (Amurel).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na sexta-feira (17), o município tinha publicado um decreto seguindo o estado de quarentena, com uma forma de distanciamento ampliado, já seguida por Tubarão e outros municípios da região. No domingo pela manhã, um novo decreto foi publicado liberando algumas atividades, como o comércio e o atendimento presencial em restaurantes e lanchonetes. 


“Resolvemos ampliar a liberação porque fizemos uma reunião, com setores organizados da sociedade civil e médicos, e vimos que o decreto publicado pelo governo do Estado não inibia ou proibia o funcionamento do comércio em geral. Considerando esses fatores, resolvemos fazer esse novo decreto publicado no domingo. Mas depois, recebemos essa recomendação do MP e a prefeitura vai adotar a quarentena. É uma decisão judicial e vamos respeitá-la”, explicou Candemil.


Como somente nesta segunda o município deve publicar o novo decreto, o comércio em geral deve abrir normalmente, respeitando a capacidade de 50%, mantendo distanciamento de 1,5 metro entre pessoas. Além disso, que crianças com até doze anos, pessoas consideradas do grupo de risco, com comorbidade ou com idade igual ou superior a 60 anos devem permanecer em isolamento social.


Está vedada a aglomeração de pessoas em qualquer ambiente, interno ou externo, para atividades de qualquer natureza, incluindo festas particulares. Também ficam proibidas as atividades esportivas aquáticas de qualquer natureza, bem como a concentração de pessoas nas faixas de areia e em torno dos rios, lagoas e praias, ressalvada a prática da pesca profissional.


Fonte: Redação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.