Sábado, 19 de setembro de 2020
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Buscar
Fechar [x]
GERAL
14/04/2020 07h48

Idosos da região deixam hospitais após Covid-19

Aldo De Prá, de 91 anos, e Minervina Lúcia, de 73, estão curados

Aldo De Prá, de 91 anos, morador de Pedras Grandes, e Minervina Lúcia Alano Cesca, paciente de 73 anos, moradora de Treze de Maio, dão esperança na luta contra o coronavírus. Ambos são do grupo de risco da doença e, após serem infectados, deixaram hospitais da região depois de lutarem contra a Covid-19.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aldo é o segundo infectado da doença na sua cidade. O primeiro caso foi sua esposa, Inês, de 90 anos, que acabou não resistindo e falececendo em decorrência do coronavírus. Eles foram casados por 68 anos. Aldo  foi infectado pela Covid-19 e passou oito dias internado. Morador do bairro Azambuja, ele é um dos pacientes mais velhos da região a se curar da doença. Ele recebeu alta do hospital no domingo (12).

De acordo com a filha de Aldo, Cléria Maria, um dia após a mãe ser sepultada, o pai apresentou os primeiros sintomas. “A mãe já era um pouco mais doentinha. O pai luta contra um câncer de próstata. Mas eram ativos para a idade deles”, conta a filha.

Segundo Cléria, nenhum dos dois chegou a ir para a UTI. “Da mãe, foi mais rápido. O pai, felizmente, conseguiu ir para casa. Agora, ele segue com os cuidados. Apenas uma neta e a cuidadora se revezam no atendimento a ele. Serão 14 dias isolado. Seguimos todas as precauções colocadas para ninguém mais ser infectado”, revela a filha. “Foi um alívio para nós, que já perdemos nossa mãe. Agora, ele segue sendo bem cuidado para poder se recuperar e seguir a vida”, completa a filha de Aldo.

De Treze de Maio, Minervina também é um caso de esperança. Ela deixou o hospital nessa segunda-feira (13), em sua cidade, onde estava internada com Covid-19 desde o dia 6.

Na saída da unidade hospitalar, ela foi aplaudida pela equipe médica. Minervina, de máscara, saiu de cadeira de rodas e agradeceu a todos que a atenderam no local. Assim como Aldo, ela seguiu para isolamento domiciliar, para continuar o tratamento. Ela também não precisou ser internada na UTI.

Fonte: Diário do Sul
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia