Sábado, 13 de abril de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
03/11/2020 18h59

Candidato a prefeito será investigado por possíveis crimes eleitoral e de homofobia

Juiz eleitoral determinou que redes sociais de Cristiano Ferreira sejam retiradas do ar

O candidato a prefeito de Tubarão pelo MDB terá suas páginas nas redes sociais retiradas do ar por pelo menos 24 horas por determinação judicial. Cristiano Ferreira será investigado pela Polícia Federal por possíveis crimes eleitoral e de homofobia.


A decisão é do juiz eleitoral Guilherme Mattei Borsoi. A representação foi feita pela coligação do candidato à reeleição Joares Ponticelli (Progressistas).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um dos argumentos usados pela defesa de Joares é que em live realizada no domingo (1º) o emedebista usou palavras preconceituosas e vexatórias contra o oponente e atual prefeito: "A forma de atuação do candidato, representado em suas propagandas eleitorais e apresentações ao vivo (“lives”), ultrapassam todos os limites da razoabilidade do debate político sadio e democrático".


Na decisão, o juiz destacou: "Aqui, ressalto que não cabe alegar que foi em tom jocoso, sem ânimo de difamar, já que, do conteúdo citado, extrai-se o propósito ofensivo. Tal conduta é, sem mais delongas, descabida. Agravando a situação, verifica-se que reincide em conduta vedada, já que agiu tendo ciência da decisão tomada por este Juízo, que vedou conteúdo com o uso de 'prefeito peroba'".


O juiz eleitoral determinou que o Facebook e o Instagram fossem oficiados com urgência. A decisão foi publicada pouco depois das 15 horas desta terça-feira (3). Às 18h55, as redes ainda estavam no ar.

  • 1 / 6
  • 2 / 6
  • 3 / 6
  • 4 / 6
  • 5 / 6
  • 6 / 6
Fonte: Redação - Fotos: Reprodução
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.