Quarta-feira, 26 de janeiro de 2022
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
01/12/2021 08h18

Sites de prefeituras da região são hackeados

Páginas de Tubarão, Laguna, Capivari de Baixo, Imbituba, Jaguaruna e São Martinho foram hackeadas na manhã desta quarta

Os sites institucionais de ao menos seis prefeituras da Amurel foram hackeados nesta quarta-feira (1º). Quem acessava as páginas de Tubarão, Laguna, Capivari de Baixo, Imbituba, Jaguaruna e São Martinho no início desta manhã, ao invés de informações sobre os municípios, encontrou uma mensagem direcionada à Fecam (Federação Catarinense de Municípios), que faz o gerenciamento dessas páginas.

“Olá, programadores da Fecam, acho que vocês faltaram algumas aulas de PHP na faculdade. Como vocês já são crescidinhos, não terão anotação na agenda para seus pais verem, mas levarei a maior parte das cidades de Santa Catarina pro Zone-H”, dizia o comunicado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Se preocupem não, às vezes esquecer que o PHP tem mais de um tipo de sintaxe é normal. Tô brincando, é não, vocês são burros mesmo. Abaixo a p* do isolamento, não queremos máscaras e nem distanciamento social”, continua o recado deixado pelo hacker, que ainda escreveu “#Bolsonaro2022” e assinou como “Shawty Boy, Defacer número 1 do Sul”.

O problema foi percebido pelo Sul Agora por volta das 8h15. A prefeitura de Capivari de Baixo informou, por volta das 8h40, "que a equipe de TI da Federação Catarinense de Municípios já está trabalhando para solucionar o problema" nas páginas gerenciadas pela entidade.


A prefeitura de Tubarão também se manifestou sobre o caso, por volta das 10h40 desta quarta. "O problema ocorreu na administração do sistema gerenciado pela Federação Catarinense dos Municípios, ao qual a grande maioria dos municípios catarinenses é ligado. O setor de TI da Fecam trabalha na solução da situação desde as primeiras horas da manhã e deverá emitir nota oficial em breve, dando conta da razão do problema e dos prazos para o restabelecimento do sistema", disse a nota divulgada pela assessoria da prefeitura.


Fora as prefeituras da região já citadas, as páginas das prefeituras de Siderópolis, Lauro Müller, Balneário Rincão, Morro da Fumaça, Cocal do Sul, Treviso, Forquilhinha, Içara, Nova Veneza e da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) também estão fora do ar. Mais tarde, apurou-se que 245 das 295 prefeituras foram atacadas e tiveram seus sites suspensos.


Curta nosso Facebook e acompanhe tudo o que acontece no Sul. Agora: https://www.facebook.com/sulagora

Fonte: Redação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.