Domingo, 21 de abril de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
14/10/2020 20h17

Retomada de eventos em Santa Catarina é discutida por deputados

As aglomerações registradas no feriadão, principalmente no litoral, motivaram o debate

As imagens de aglomerações em praias, ruas e restaurantes durante o feriadão foram motivo de debate na sessão desta quarta-feira (14) da Assembleia Legislativa. Os eventos pagos seguem proibidos na maioria das regiões do Estado.


“O governo editou portaria dizendo que eventos sociais no laranja e no amarelo podem, mas eventos pagos só no azul. A praia do Rosa (em Imbituba), que tá laranja, não poderia, mas que bom (que aglomera). Minha crítica é por que eventos pagos não podem? Será que festa no meio da rua pode? Restaurante pode, balada não pode, mas se a balada virou restaurante para abrir, daí pode. Quanto mais você abre, menos pessoas se contaminam e menos pessoas morrem”, defendeu Jessé Lopes (PSL).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Maurício Eskudlark (PL) também defendeu o retorno. “Os eventos foram suspensos desde março, eventos com seis meses, um ano de programação, como casamentos. O Estado tem sido omisso na liberação de eventos. Esperamos que analise a situação e revogue o decreto que está em vigor, porque tem sido diariamente desrespeitado”, discursou.


Já Neodi Saretta (PT), presidente da Comissão de Saúde, viu com outros olhos as imagens de aglomerações estado afora. “Fiquei preocupado com as cenas do feriadão. O patamar de óbitos e o número de casos são preocupantes. Em uma semana, fomos de seis mil para oito mil casos ativos. Isso pode agravar a classificação de regiões e impedir a volta às aulas”, avaliou Saretta, que defendeu o uso de campanhas de conscientização “para que a população possa compreender e fazer sua parte”.

Alesc - Foto ilustrativa
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.