Quarta-feira, 28 de outubro de 2020
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Buscar
Fechar [x]
GERAL
12/02/2020 07h17

Família do pequeno Gabriel recebe doações de grupos de ciclistas

Gabriel morreu após ser atropelado em uma faixa de pedestres, em Tubarão

A família do pequeno Gabriel, de dois anos, morto no início do mês após um atropelamento, em Tubarão, recebeu esta semana a doação de 16 cestas básicas e mais uma quantia em dinheiro graças ao gesto de solidariedade de grupos de amigos ciclistas. A notícia foi divulgada pelo jornal Diário do Sul.

De acordo com o idealizador da campanha, feita através de grupos de WhatsApp, Ricardo da Silva, a história começou antes mesmo da tragédia familiar ter acontecido. Ele, que é sargento da Polícia Militar da reserva, disse que um dia antes do acidente o pai do menino foi pedir para fazer uma limpeza em seu terreno, já que estava desempregado. “Então, eu o contratei para fazer o serviço. Mas no dia seguinte ele acabou não aparecendo e eu só fui saber o motivo depois, quando me contaram do atropelamento da sua mulher e do filhinho”, lembra.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como já sabia da necessidade da família, já que pai e mãe estavam desempregados e ainda tinham mais dois filhos (de nove meses e nove anos), Ricardo resolveu falar com seus grupos de amigos ligados pelo ciclismo para fazerem uma arrecadação de cesta básica e também um valor em dinheiro.

Os grupos Tchê Power, de Tubarão, e Pedaleira, de Criciúma, conseguiram arrecadar 16 cestas básicas e também uma quantia em dinheiro com o grupo da Cidade Azul. “O que parece tão pouco para uns, é muito para tantos outros”, diz.

Sobre o caso

O atropelamento de Gabriel e de sua mãe, Daiane de Quadros, foi registrado na noite do dia 31 de janeiro, na SC-370, no bairro São Martinho, próximo à rodovia Ivane Fretta. Mãe e filho foram atingidos por uma moto YBR/125K. O menino foi encaminhado ao Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) com traumatismo craniano e a morte encefálica foi comunicada à família na noite de 2 de fevereiro. A mãe também ficou internada, passou por cirurgia na perna e foi liberada da instituição de saúde na última sexta-feira (7).

Fonte: Diário do Sul
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia