Quinta-feira, 02 de dezembro de 2021
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
SEGURANÇA
25/10/2021 18h45

Grupo criminoso acusado de homicídios na região é condenado; penas somam 123 anos

Réus integravam organização criminosa acusada de assassinatos em Imbituba e Laguna

Integrantes de uma organização criminosa que atuava em Imbituba foram condenados por crimes como homicídios, tráfico de drogas e roubos. Somadas, as penas chegam a 123 anos, 10 meses e 15 dias de reclusão, divulgou nesta segunda-feira (25) a Polícia Civil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a polícia, os envolvidos haviam sido alvo da Operação Chacau, realizada pela Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Laguna.

As investigações apuraram que 18 pessoas integravam o grupo, incluindo seis adolescentes. A eles, foi atribuída a autoria de três homicídios, um deles, um duplo homicídio, praticado na Praia do Sul, em Laguna, em março de 2020; e o outro um homicídio praticado em Imbituba, em fevereiro de 2020.

De acordo com a Polícia Civil, apurou-se que essa organização também era responsável por uma série de crimes praticados nos municípios de Imbituba, Laguna e Paulo Lopes, entre os quais tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menores.

Na época, a operação cumpriu mandados de buscas e prisões em Imbituba, Orleans, Araranguá e Joaçaba.

Segundo a Polícia Civil, em outros casos também já investigados, os indivíduos foram condenados a penas que, somadas, atingiram 246 anos, 1 mês e 10 dias (Operação Predador) e 120 anos, 10 meses e 15 dias (Operação Orion).


Curta nosso Facebook e acompanhe tudo o que acontece no Sul. Agora: https://www.facebook.com/sulagora

Fonte: Polícia Civil - Foto: Ilustrativa
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.