Sexta-feira, 21 de junho de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
SEGURANÇA
22/01/2021 08h31

Desaparecimento após abordagem policial é investigada em Laguna

Diego Bastos Scott, de 39 anos, foi visto pela última vez no dia 15 deste mês

A polícia de Laguna investiga o desaparecimento de Diego Bastos Scott, de 39 anos, visto pela última vez no dia 15 deste mês.  Diego é dependente químico e teria sumido depois de ser abordado por policiais militares durante uma briga familiar.  

Segundo o advogado Breno Schiefler Bento, que representa a família de Diego, os policiais foram chamados para atender a ocorrência e depois de uma hora resolveram prender Diego. “Eles fizeram o procedimento, o algemaram, o colocaram na caixa da viatura e saíram. A família imaginou que Diego tinha sido encaminhado para a delegacia. Lá, eles informaram que Diego não tinha dado entrada e a família começou a ficar preocupada”, explica o advogado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os familiares chegaram a buscar por notícias de Diego no hospital de Laguna e também na Unidade Prisional Avançada, sem sucesso. Depois, pediram uma cópia do boletim registrado pela Polícia Militar. No boletim, ao qual o jornal Diário do Sul teve acesso, consta que o “envolvido evadiu do local” e que Diego “não estava presente no momento da lavratura do procedimento”. A família contesta essa informação.

Segundo o advogado, os parentes conseguiram a imagem de uma câmera de segurança próxima à casa onde a ocorrência foi atendida. “Foi comprovado que a viatura saiu do local com Diego algemado. Desde então, não se tem nenhuma notícia dele”. A família registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil. “O que a família quer é uma posição sobre onde Diego foi deixado”, ressalta o advogado.

A Polícia Militar de Laguna abriu um procedimento interno para apurar o caso. Em nota ao Diário do Sul, o Comando do 28º Batalhão da PM disse que está “tomando todas as medidas legais necessárias à apuração das circunstâncias relacionadas ao fato, com imparcialidade, bem como envidando esforços para localizar o referido homem, mantendo permanente contato com a família”. Procurada pelo jornal, a Polícia Civil disse apenas que segue investigando o caso, sem dar detalhes.

Diário do Sul
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.