Quarta-feira, 26 de janeiro de 2022
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
SAÚDE
29/11/2021 07h16

Funcionária da saúde desabafa após homem tentar pagar por comprovante da vacina

De acordo com a profissional de saúde, morador ofereceu R$ 1 mil pelo passaporte

"Me senti ofendida". É assim que uma profissional de saúde descreve a tentativa de suborno feita por um homem que tentou adquirir uma carteira de vacinação completa contra a covid-19 em Tubarão. A prefeitura registrou um boletim de ocorrência sobre o caso, que ocorreu na última sexta-feira (26). As informações são do g1 SC.

Sheila Raiser de Souza, de 36 anos, trabalha há 13 como funcionária efetiva do município. Ela conta que o suspeito, que ainda não foi identificado, ofereceu R$ 1 mil pelo documento.

“Me senti ofendida com a oferta. Nós estudamos tanto, primeiro para ter uma profissão e depois para passar em um concurso público”, conta a profissional.

Segundo a funcionária, o homem buscou informações para o sogro dele, que seria idoso e não teria tomado nenhuma das doses contra a covid-19. Eles tinham uma viagem marcada para a Argentina. Sheila diz, ainda, que depois da oferta, tentou explicar o procedimento correto ao morador, que aparentava ter 50 anos.

“Eu orientei que a vacina disponível no município para primeira dose é do laboratório da Pfizer e o intervalo entre as duas doses é de oito semanas e que só após essas duas doses completas ele conseguiria o passaporte para conseguir viajar”, relembra.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais pessoas queriam participar do esquema

No mesmo dia, mas em outro horário, o mesmo homem, então, teria ligado ao posto de saúde e oferecido mais dinheiro. Além disso, ele teria dito que outras quatro pessoas estavam interessadas em realizar o mesmo esquema. A profissional de saúde, que nunca tinha passado por uma situação como essa, disse que não soube como reagir.

“Na hora, eu me atentei que aquilo estava sendo um crime. Esse tipo de comportamento infelizmente é uma coisa que é enraizada na nossa cultura. A corrupção está em todos os lugares do Brasil desde um fura-fila, tentar vantagem em alguma coisa. É lamentável esse tipo de comportamento principalmente quando é na saúde porque a falsificação de uma carteirinha de vacina de covid expõe não só aquele que não tomou a vacina ao vírus, expõe toda a população que é suscetível”, explica.

Segundo o município, o ato de suborno para falsificar carteira de vacinação é crime e, por isso, as medidas judiciais serão tomadas.  "Após o ocorrido, foi realizado um boletim de ocorrência a fim de registrar a situação e evitar que a mesma aconteça novamente. Todos os funcionários da área da saúde também receberam um alerta para que saibam quais medidas tomar caso essa situação venha a ocorrer também em outras unidades", ressaltou a prefeitura de Tubarão em nota.


Curta nosso Facebook e acompanhe tudo o que acontece no Sul. Agora: https://www.facebook.com/sulagora

Fonte: Redação, com informações do g1 SC - Foto: Ilustrativa
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.