Quinta-feira, 25 de abril de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
SAÚDE
05/10/2020 06h23

Campanha de vacinação contra poliomielite começa nesta segunda-feira

Crianças menores de 5 anos devem tomar a dose nas unidades de saúde

Começa nesta segunda-feira (5) e segue até o próximo dia 30 acontece a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação para crianças e adolescentes até 14 anos. O dia 17 de outubro foi escolhido como o dia “D” de divulgação e mobilização nacional.

Todas as medidas de prevenção contra o coronavírus serão tomadas durante a vacinação.

As duas campanhas serão realizadas simultaneamente em todo o Estado. As campanhas nacionais também servem para atualização da caderneta das crianças e adolescentes com menos de 15 anos (14 anos, 11 meses e 29 dias).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na vacinação contra a poliomielite, o alvo são crianças com idade entre um ano e menos de cinco (quatro anos, 11 meses e 29 dias), grupo de aproximadamente 342.285 crianças em Santa Catarina. O objetivo desta campanha é reduzir o risco de reintrodução do poliovírus selvagem no país. E, para isso, a meta é vacinar, ao menos, 95% deste público, ou seja, 325.684 crianças.


Para a Campanha de Multivacinação, não há meta específica. Os principais objetivos desta mobilização são oportunizar o acesso às doses, atualizar a situação vacinal e aumentar as coberturas vacinais.


A gerente de imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina, Lia Quaresma Coimbra, esclarece que durante a vigência das campanhas serão oferecidas todas as vacinas do calendário básico de vacinação 2020 da criança e do adolescente. “Com essas campanhas, queremos reduzir ainda mais o risco de transmissão de doenças que podem ser prevenidas com vacinação e evitar o retorno de outras, como o sarampo, por exemplo”, ressalta.


Em Tubarão, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) participa da campanha nas Unidades Básicas de Saúde do município e na Policlínica Central.


Sem pólio desde 1989 em Santa Catarina


O Brasil não detecta casos de poliomielite (paralisia infantil) desde 1990 e em 1994 recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) a certificação de área livre de circulação do poliovírus selvagem do seu território. Em Santa Catarina, os últimos registros da doença foram em 1989. No entanto, os esforços ainda precisam ser mantidos, com a imunização de todas as crianças, para que o Brasil continue livre da doença.

Prefeitura de Tubarão
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.