Domingo, 21 de abril de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
MUNDO
20/02/2021 08h52

Ministro da Saúde argentino renuncia após escândalo com desvio de vacinas

González teria distribuído doses do imunizante contra a covid-19 para amigos, servidores e secretários de governo

O ministro da Saúde da Argentina, Ginés González García, renunciou ao cargo a pedido do presidente, Alberto Fernández, após a revelação de um escândalo de desvio de vacinas contra a covid-19.


González teria distribuído doses do imunizante contra a covid-19 para amigos, servidores e secretários de governo que não faziam parte do grupo prioritário de vacinação no país.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Respondendo a seu pedido expresso, apresento-lhe minha renúncia ao cargo de ministro da Saúde", escreveu González em carta enviada ao presidente argentino, na sexta-feira (19).


A secretária de acesso à Saúde, Carla Vizzotti, foi nomeada para substituir a chefia da pasta. Especialista em medicina, ela presta juramento ao cargo na tarde de sábado (21).


Vizzotti se destacou pelas negociações com o Fundo Soberano russo para trazer a Sputnik V para a Argentina, que foi o primeiro país da América a aprová-la e distribuí-la.

G1 - Foto: Divulgação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.