Domingo, 19 de maio de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
05/02/2024 20h49

Vereador renuncia ao mandato na Câmara para se dedicar à função de pastor

Thiago Zaboti usou a tribuna na sessão da Câmara de ontem para anunciar sua renúncia ao cargo. No seu lugar entra o advogado e professor Erivelton Fileti

O vereador Thiago Zaboti renunciou ao mandato na Câmara de Tubarão nesta segunda-feira (5). Ele se dedicará integralmente ao cargo de pastor em uma igreja evangélica.


Ele foi eleito em 2020 pelo PSL com 1.001 votos, sendo o 11º mais votado na disputa por uma das 15 cadeiras do Legislativo, e atualmente estava no Democracia Cristã.


Na carta-renúncia lida ontem, no final da sessão, Thiago diz que tomou a decisão não de maneira leviana ou precipitada, “mas com profunda convicção após longo período de reflexão e oração”.


Ele disse que durante o tempo que exerceu o cargo de vereador buscou desempenhar as funções da melhor maneira possível, dedicando-se ao serviço púbico e às necessidades da comunidade que representa.


“Contudo, sinto que Deus me chama para uma missão diferente, a de dedicar-me integralmente a um chamado vocacional. Acredito que, ao atender a esse chamado divino, estarei contribuindo de maneira significativa para o bem-estar espiritual e social da nossa cidade”, pontua na carta.


Ele agradeceu os colegas vereadores, servidores da Câmara e, “principalmente, aos cidadãos de Tubarão que confiaram em mim para representá-los”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Thiago afirma que estará disponível para o processo de transição e sucessão, “e peço para que Deus os ilumine para colocar Tubarão num futuro cada vez mais próspero e feliz”, finaliza.


O sucessor, Erivelton Fileti, que conquistou 709 votos nas eleições, esteve presente na sessão de ontem, e disse estar muito feliz com a oportunidade. “Para mim, ser vereador é servir. Felizmente eu gosto e sei servir as pessoas. Estou pronto para o desafio e conto com a ajuda de todos. Confesso que também estou preocupado, porque substituir o Thiago não é tarefa fácil”, completa.


Antes mesmo da renúncia, já se especulava a possibilidade de uma disputa nas eleições municipais. A assessoria, porém, afirma que não há a menor possibilidade. “Surgiu essa questão, inclusive na Câmara, mas posso garantir que não acontecerá. A decisão foi totalmente baseada na convicção pessoal dele”, reitera.


Receba outras notícias pelo WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Sul Agora.

Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.