Domingo, 19 de maio de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
06/02/2024 06h57

Terceiro suspeito de matar motorista de aplicativo é preso

Trata-se de um homem conhecido no meio policial pela venda de drogas em um beco de Imbituba

Estão concluídas as investigações sobre o latrocínio de um motorista de aplicativo de 27 anos, de Imbituba, morto com golpes de faca. O crime aconteceu no dia 6 de janeiro e foi elucidado depois da prisão de todos os suspeitos.


Três investigados foram apontados como participantes do assalto que resultou no assassinato do motorista. O primeiro foi preso no dia 12 de janeiro, durante operação envolvendo a Polícia Civil e a Polícia Militar. Ele foi o responsável por acionar a vítima para fazer uma viagem por aplicativo e depois, conforme as investigações, foi constatado que participou ativamente do latrocínio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Já o segundo, um adolescente, foi apreendido durante uma terceira operação feita pelas polícias Civil e Militar no dia 23 de janeiro deste ano. Segundo foi apurado, ele já estava em centro de internação por envolvimento em dois homicídios cometidos em 2021 e 2022 e saiu da internação na véspera do latrocínio para visitar familiares, participando do crime contra o motorista de aplicativo.


Durante a quarta operação, para elucidar o caso, os policiais encontraram e prenderam o terceiro e último acusado. Ele é um homem conhecido no meio policial pela venda de drogas em um beco situado no bairro Campo da Aviação, em Imbituba.


O inquérito instaurado contra os outros dois investigados será concluído e encaminhado ao Poder Judiciário, com o indiciamento de ambos pelo crime de latrocínio consumado e com o pedido para que as prisões temporárias sejam convertidas em preventivas.


Receba outras notícias pelo WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Sul Agora.

Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.