Quarta-feira, 22 de maio de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
18/12/2023 12h02

Saiba a importância de organizar, armazenar e descartar corretamente os medicamentos

O risco é a contaminação do solo e da água, sem falar em possível consumo acidental por crianças e animais

Você sabe como organizar, armazenar e descartar corretamente medicamentos? Saiba que quando armazenados em condições inadequadas, isso pode afetar a qualidade do medicamento e interferir no seu efeito no organismo.


Já quando se fala em descarte incorreto, o risco é a contaminação do solo e da água, sem falar em possível consumo acidental por crianças e animais, por exemplo. Portanto, alguns cuidados são extremamente importantes. É o que destaca a farmacêutica e coordenadora de Qualidade e Regulatório da empresa Clamed, Renata Lia Frantz.


Com relação aos locais mais adequados para guardar os medicamentos, ela explica que o local ideal seria em lugares secos, frescos e protegidos da luz, como por exemplo o armário no quarto. “A cozinha e o banheiro não são lugares adequados para o armazenamento”, alerta.


Lembrando que outro cuidado importante é manter os remédios em segurança, em armários fechados, preferencialmente com chave e fora do alcance das mãos e dos olhos das crianças.


Quanto à organização, Renata lembra que existe a opção de organizadores de medicamentos. Mas, se optar por utilizá-los, deve-se ter alguns cuidados ao utilizá-lo, como: “manter o medicamento no organizador pelo menor tempo possível, pois a luz e umidade podem afetar a qualidade do medicamento; manter as condições de armazenamento recomendadas pelo fabricante (em geral, conservar entre 15°C e 30°C, em local seco e protegido da luz solar); e guardar a embalagem original e a bula do medicamento para obter informações, como o modo de uso, conservação, o lote e o prazo de validade”.


Outra orientação é, sempre que possível, manter o comprimido ou a cápsula na embalagem primária – blister. Ela alerta ainda que os comprimidos não devem ser partidos ou triturados, exceto se indicado pelo fabricante essa possibilidade, sendo que estes não devem ser guardados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Descarte correto das medicações vencidas ou não mais utilizadas


O que fazer com os medicamentos vencidos ou em desuso? Jamais descarte no lixo comum. Existem postos de coleta, como por exemplo as farmácias, com coletores específicos e adequados para receber esse tipo de descarte.


Após o recebimento, esses medicamentos são enviados para a destinação final adequada. Nos coletores da Clamed (unidades da Drogaria Catarinense e da Preço Popular), por exemplo, é possível descartar frascos de xarope, tubos de pomadas e frascos e blisters com cápsulas ou comprimidos.


Outra prática não recomendada é a doação de remédios, “uma vez que não se sabe se os medicamentos foram armazenados nas condições adequadas, o que pode influenciar na qualidade e segurança dos medicamentos”, explica. Se os medicamentos estiverem na validade, para não ocorrer a automedicação, o correto é levar esses medicamentos na farmácia para que seja dada a destinação final correta.


E o que fazer com os recipientes e cartelas vazias? Renata explica que “as embalagens primárias, que ficam em contato direto com o medicamento, devem ser descartadas no coletor de medicamentos das farmácias. No caso das cartelas vazias (blisters), caixas e bulas, é possível reciclar conforme orientação da embalagem”.


Receba outras notícias pelo WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Sul Agora.

Imagem: Freepik
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.