Quinta-feira, 23 de setembro de 2021
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
05/08/2021 17h27

Quase 30 pinguins são encontrados mortos em praias da região

Os animais estavam entre Laguna e Imbituba e foram achados no último domingo

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) encontrou 27 pinguins (Spheniscus magelanicus) mortos nas praias de Laguna e Imbituba no último domingo (1º), durante trabalho de acompanhamento feito pelo grupo.


De acordo com a equipe do PMP-BS, os animais que chegam ao litoral catarinense acabam não sobrevivendo à longa viagem com partida da Patagônia (Argentina). Por serem jovens e inexperientes, eles acabam se perdendo de seus grupos, fato que muitas vezes resulta na interrupção da viagem por doença, fome ou morte.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Conforme o projeto, a viagem migratória traz dificuldades para eles se alimentarem e consequentemente perdem peso, ficam fracos e a impermeabilização das penas fica prejudicada, o que provoca hipotermia e os fazem ficar vulneráveis a outros predadores.


Os pesquisadores também apontam a ação humana, ainda que não intencional, como causa da morte de alguns desses animais. Eles citam como exemplo a utilização das redes de pesca, sejam costeiras, industriais ou ainda aquelas fantasmas que flutuam aleatoriamente pelos mares causando emalhes acidentais.


O PMP-BS, que no trecho que compreende as praias de Laguna e Imbituba é executado pela Udesc, mantém uma equipe de prontidão para atender animais marinhos que chegam ao litoral precisando de ajuda. O grupo também realiza necropsia daqueles que aparecem sem vida para tentar descobrir a causa da morte.

Fonte: Redação | Foto: PMP-BS
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.