Sábado, 23 de outubro de 2021
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
19/07/2020 08h00

Força-tarefa de fiscalização da quarentena atendeu mais de 500 ocorrências em 3 dias

Foram mais de 30 averiguações somente de casos de aglomeração e festas

A força-tarefa, formada por vários departamentos da prefeitura, com o apoio das Polícias Militar e Civil e Corpo de Bombeiros, foi criada pelo decreto municipal 5138/2020 e atua na fiscalização do cumprimento do decreto que estabelece a quarentena por nove dias, em Tubarão.
 
Numa sala de crise montada na Arena Multiuso a força-tarefa coordena as ações de fiscalização e ações em benefício dos objetivos do decreto 5137/2020, que dispõe sobre as medidas para enfrentamento da pandemia de covid-19, que estabeleceu período de quarentena na cidade. Em torno de 20 equipes atuam na averiguação e procedimentos nas ocorrências, representando a Fundação Municipal de Meio Ambiente – Funat, Procon, Defesa Civil, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal, Procuradoria Jurídica, Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.
 
Desde o início de seu funcionamento, na quinta-feira (16), a força-tarefa recebeu 367 denúncias, pelo telefone 199 e WhatsApp 3632.5856 e 211 dúvidas no e-mail. Foram aplicados 3 autos de infração em desfavor de estabelecimentos que descumpriram algum item do decreto e 6 foram fechados. Quanto a aglomerações de pessoas e festas, foram mais de 30 averiguações, sendo que 8 eventos foram interrompidos pelas forças policiais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além das denúncias pelos canais oficiais da força-tarefa, as equipes, principalmente as forças policiais, atuaram em rondas e abordagens pontuais, além de atendimentos de denúncias por seus canais, o que quase dobrou o número de atendimentos, com relação às denúncias citadas.
 
Os profissionais que estão atuando na força-tarefa, no entanto, constataram a ocorrência de muitas denúncias que ao serem averiguadas, não eram reais. E foram dezenas. Isso pode ser atribuído a trote, ou, que a infração deixou de ocorrer antes da chegada da fiscalização.
 
“Pedimos que os cidadãos só denunciem se tiverem absoluta certeza da ocorrência dos fatos, pois a equipe precisa se deslocar até o local, às vezes distante, e é frustrante constatar que a ocorrência não existe”, declara Murilo Ribeiro, coordenador da Defesa Civil de Tubarão e integrante da força-tarefa.
 
O coordenador da Força-tarefa, coronel Djalma Alves, avaliou como positiva a atuação do grupo até aqui. “A equipe está sempre pronta a atender e tem feito um trabalho efetivo, em prol do sucesso das medidas de isolamento adotadas na cidade. O trabalho vai continuar enquanto permanecerem as medidas, com rigorosa fiscalização, para que os objetivos sejam alcançados”, finalizou Djalma.

Fonte: Prefeitura de Tubarão
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.