Quinta-feira, 21 de outubro de 2021
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
19/08/2020 15h36

Energia elétrica ficará cerca de 8% mais cara a partir do próximo sábado

O maior impacto será para consumidores residenciais, rurais e comércio

A energia elétrica distribuída pela Celesc ficará mais cara a partir do próximo sábado (22). Para os consumidores residenciais, rurais, iluminação pública e comércio, atendidos em baixa tensão, que representam 79% do mercado consumidor, o reajuste médio será de 8,42%. Para indústrias e unidades comerciais de grande porte, como shopping centers, atendidos em alta tensão, o efeito médio será de 7,67%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Este reajuste próximo a 8%, neste momento em que a sociedade sofre as severas consequências da pandemia da covid-19, é um golpe doloroso e difícil de suportar, especialmente para as populações carentes e as empresas mais frágeis", avalia o presidente da Câmara de Energia da Federação das Indústrias de Santa Catarina, Otmar Müller. Ele salienta que o reajuste é compreensível sob os pontos de vista econômicos, legal e de segurança jurídica e tem entre as causas a desvalorização do real frente ao dólar, afetando os preços da energia que vem de Itaipu.


O valor do aumento seria de 15,52% originalmente, em razão de impactos decorres de itens não gerenciáveis pela distribuidora, tais como elevação de custos com encargos setoriais, aquisição de energia, com destaque para a compra de energia da usina de Itaipu precificada em dólar, e pelos custos com transmissão de energia. Entretanto, o empréstimo da Conta-Covid - ferramenta disponibilizada pelo Ministério de Minas e Energia - proporcionou amortecimento dos índices de reajuste a serem percebidos nas contas dos consumidores catarinenses.

Fonte: Fiesc - Foto: Divulgação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.