Domingo, 27 de setembro de 2020
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Buscar
Fechar [x]
GERAL
19/02/2020 19h09

CPI investigará susposto superfaturamento de diária em Pescaria Brava

Valor pago a um servidor da Câmara teria sido cinco vezes maior que o permitido

Uma CPI será instaurada na Câmara de Vereadores de Pescaria Brava para investigar o pagamento de três diárias a um servidor comissionado com valor 500% a mais que o estipulado por lei. O funcionário, que hoje ainda faz parte do quadro do Legislativo, recebeu R$ 3.150 por três viagens a Florianópolis quando deveria ter recebido R$ 600.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Lei Municipal nº 33, de 2013, fixa o valor de R$ 200 para diária dentro do Estado concedida a cargo em comissão. Porém, o servidor recebeu R$ 1.050 por cada ida à capital do Estado. O fato ocorreu em 22 de maio, 23 de julho e 4 de dezembro de 2015.


A denúncia foi feita pelo vereador Jaisson Castro de Souza (Progressistas) na sessão da noite desta terça-feira (18). Além do pedido de criação da CPI, em conjunto com os vereadores Jairo Ronaldo Corrêa (PSDB) e Miguel da Silva (MDB), também foi solicitado que o servidor seja afastado do cargo durante as investigações, o que foi aprovado em plenário.


“Daria para ir à capital do Estado mais de 16 vezes com o valor pago a ele. Depois das investigações, se o resultado apontar mesmo superfaturamento, encaminharemos ao Ministério Público”, destaca Jaisson.

Fonte: Redação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia