Quinta-feira, 20 de junho de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
26/11/2020 20h01

Construtora vende 128 apartamentos populares em apenas 60 dias no Sul de SC

A empresa mira em moradias populares para famílias com ganho salarial entre R$ 1.600 e R$ 2.600

Com sede em Criciúma, a HUPI Construtora e Incorporadora não subestimou suas vendas imobiliárias e comemora a comercialização de 100% do empreendimento Vila Francesa. O sucesso da ação, realizada durante a pandemia, registrou a venda de 128 unidades em apenas 60 dias. Essa ação faz parte da estratégia comercial da empresa para 2020, que mira em moradias populares para famílias com ganho salarial entre R$ 1.600 e R$ 2.600.


Localizado em Criciúma, o Vila Francesa é um empreendimento vertical com quatro torres distribuídas em uma área total de 10.578,28m2. Cada torre terá cinco andares e dois elevadores. Os apartamentos de 54 m2 e piso vinílico contemplam dois dormitórios, banheiro, cozinha e salas de jantar e estar integradas. A área de lazer do Vila Francesa contará com espaço infantil, quadra poliesportiva, quiosque com churrasqueira e lavanderia central de uso coletivo devidamente equipada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As obras do empreendimento foram iniciadas em outubro. No momento, mais de 10% do calendário construtivo já foi executado. O Vila Francesa, assim como os demais projetos da empresa, está sendo construído com BIM (Building Information Modeling – Modelagem de Informações da Construção). Essa tecnologia permite à HUPI uma maior análise e controle dos processos de suas obras, já que o BIM é baseado em um conceito de virtualização, modelagem e gerenciamento das atividades inerentes ao projeto de obras de engenharia.


"Precisamos desmistificar que quanto mais caro for o empreendimento, melhor ele será. Eu acredito que é possível construir e entregar apartamentos de qualidade, com preços justos. Após 25 anos vivenciando a construção civil no Brasil e no Paraguai, decidi apostar em infraestrutura social para entregar qualidade de moradia à população de baixa renda", destaca Carlos Rebollo, CEO da HUPI Construtora e Incorporadora. 


A HUPI pretende popularizar imóveis econômicos e de fácil acesso às classes C, D e E no Brasil, Paraguai e Bolívia. A missão da empresa é entregar cerca de 3.000 imóveis - dignos, bonitos e baratos - até o final de 2022. 

  • 1 / 4
  • 2 / 4
  • 3 / 4
  • 4 / 4
Redação - Fotos: Divulgação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.