Quarta-feira, 22 de maio de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
19/03/2024 12h44

Cidade da região tem irmãos no comando de PT e PL e rumores sobre aliança inusitada

O presidente do PL não descartou, em entrevista, a possibilidade de aliança com o PT

Muitas famílias acabaram divididas pela polarização da política nacional entre PT e PL. Uma de Pescaria Brava, no entanto, vive uma situação inusitada: um irmão é o presidente do diretório municipal do PL; o outro, do PT. E rumores de uma possível aliança familiar agitaram os bastidores da cidade nos últimos dias.


Tudo começou quando Dilney da Luz, presidente do PL, deu entrevista a um podcast e não descartou a possibilidade de aliança com o PT. “Se ele tiver o mesmo pensamento no nosso município... Temos que esquecer a eleição federal, nosso foco agora é Pescaria Brava”, destacou. A resposta provocou reação imediata.


O PT tem como presidente municipal e pré-candidato a prefeito o irmão de Dilney, José dos Passos da Luz, o Zezinho. A declaração fez com que o diretório municipal publicasse uma nota para esclarecer que não fez nenhuma declaração de apoio a qualquer candidatura.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Contexto local


Além de irmãos, Dilney e Zezinho também são colegas de magistério. O pano de fundo é a grande aliança que está sendo costurada para a campanha de Henrique Castro (PP), chefe de gabinete do deputado estadual Pepê Collaço e que deve contar com o apoio de MDB e PSD. A abertura de diálogo com o PT seria a forma de potencializar a campanha de oposição no município.


MDB e PP já estiveram unidos em 2016 e 2020, quando Deyvisonn da Silva de Souza (MDB) foi eleito e reeleito. Preso na Operação Mensageiro, ele renunciou e hoje o comando do Executivo está a cargo de Lourival Isidoro (PP).


Deliberações nacionais


Na entrevista, Dilney afirma que há outras cidades em que PL e PT podem formar uma aliança. A informação, porém, contraria deliberações dos diretórios nacionais dos dois partidos. Tanto o partido de Bolsonaro quanto o de Lula anunciaram que não aceitarão coligações desta natureza nas eleições municipais.


Receba outras notícias pelo WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Sul Agora.

Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.