Quinta-feira, 25 de abril de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
BRASIL
29/02/2024 16h02

Três empresários são presos por suspeita de financiamento do 8/1

Além das prisões preventivas, há sete alvos para monitoramento eletrônico e 24 mandados de busca e apreensão

A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã desta quinta-feira (29) três pessoas na 25ª fase da Operação Lesa Pátria, que apura responsáveis pelos ataques golpistas às sedes dos três poderes em 8 de janeiro de 2023. Duas prisões ocorrem no Distrito Federal e uma, em São Paulo. 


São dois empresários do ramo de supermercados em Águas Claras, região administrativa do Distrito Federal. São eles: Adauto Lucio de Mesquita e Joveci Xavier de Andrade. Em nota, os advogados disseram haver um esforço para “esclarecer todos os fatos”.


De acordo com a corporação, são 34 mandados judiciais. Além das prisões preventivas, há sete alvos para monitoramentos eletrônico e 24 mandados de busca e apreensão. As determinações são do ministro relator do caso, Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os mandados ocorrem nos estados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Tocantins, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Espírito Santo, além do Distrito Federal.


A PF também informou que foi determinada, por Moraes, a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados.


A estimativa da corporação é de que os danos ao patrimônio público com os atos golpistas chegue a R$ 40 milhões.


Receba outras notícias pelo WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Sul Agora.

Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.