Quinta-feira, 15 de abril de 2021
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Buscar
Fechar [x]
SEGURANÇA
07/04/2021 08h35

Região tem alerta para novos golpes do WhatsApp clonado

Golpistas estão usando o nome de uma vereadora de Capivari de Baixo e da prefeitura de Imbituba para praticar o crime

O golpe do WhatsApp clonado vem fazendo mais vítimas na região. Dessa vez, estelionatários estão usando o nome de uma vereadora de Capivari de Baixo e da prefeitura de Imbituba para praticar o crime.


Golpistas fizeram no Instagram um perfil falso com fotos e o nome da vereadora Bia Alves (PSL). O perfil foi criado nesta semana e passou a seguir diversas pessoas. Por meio de mensagens privadas, os golpistas enviam um texto pedindo o nome completo e o telefone dos seguidores que queiram participar de uma falsa confraternização “logo após a pandemia de covid-19”, com data marcada para o dia 29 de maio.  


Depois, eles solicitam um código de segurança, que já foi enviado por SMS, afirmando se tratar de uma atualização, manutenção ou confirmação de cadastro.


Com o código, os bandidos conseguem replicar a conta de WhatsApp em outro celular e enviam mensagens para os contatos da pessoa, fazendo-se passar por ela, pedindo dinheiro emprestado por transferência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Essa conta de Instagram não é minha e peço para que as pessoas denunciem. Como eles clonam o número, eles pedem dinheiro para familiares e amigos, e muitos estão sendo lesados com isso. Um boletim de ocorrência já foi registrado e a polícia investiga o caso”, informou a vereadora através do Instagram oficial@vereadorabiaalves.

Segundo a Polícia Civil, assim que o usuário tiver uma conta de WhatsApp clonada, o ideal é registrar um boletim de ocorrência e comunicar familiares e amigos sobre o problema. Caso alguma pessoa tenha feito transferência, é preciso comunicar o quanto antes a instituição bancária.


Outra dica é enviar um e-mail para support@whatsapp.com solicitando a desativação da conta do aplicativo. Para evitar o golpe, a pessoa nunca deve repassar códigos de confirmação SMS para terceiros e habilitar a verificação em duas etapas no menu ajustes-conta, no próprio aplicativo.


Alerta em Imbituba

A secretaria de Saúde de Imbituba informou que a Vigilância Sanitária não está ligando ou enviando mensagens de WhatsApp para os estabelecimentos comerciais da cidade para comunicar o recebimento de denúncias. Segundo a prefeitura, há alguns dias, uma mensagem de WhatsApp tem circulado na cidade. Nela, os infratores informam aos donos de estabelecimentos que receberam algum tipo de denúncia.


Na mesma mensagem, pedem a confirmação de dados pessoais, inclusive a digitação de um código de verificação. Esse código faz com que o WhatsApp da vítima seja clonado. “Quando há uma denúncia, seja ela anônima ou não, as equipes da Vigilância Sanitária vão até o local para averiguações. O município não liga para os donos de estabelecimentos, nem envia mensagens antes de ir ao local”, ressalta a prefeitura.

Fonte: Diário do Sul - Imagens: prefeitura de Imbituba e redes sociais
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia