Sexta-feira, 25 de junho de 2021
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Buscar
Fechar [x]
SEGURANÇA
13/02/2021 12h27

Proprietário de açougue é preso após perícia confirmar que estabelecimento vendia carne de cavalo

Empresa também foi interditada na manhã deste sábado (13)

Um açougue de Tubarão, localizado no bairro Revoredo, foi interditado na manhã deste sábado (13). Segundo a Polícia Civil, o local vendia carne de cavalo. O proprietário foi preso preventivamente.

A ação é desdobramento de uma operação realizada em agosto do ano passado, quando dois homens foram presos em um abatedouro de Imaruí enquanto desossavam dois cavalos. Na época, a dupla foi autuada por maus-tratos contra animais e crime contra as relações do consumo.


Os acusados, na época, afirmaram à polícia que vendiam a carne de cavalo por R$ 7 o quilo para um açougue de Tubarão. Na ocasião, o proprietário do açougue se manifestou dizendo que a acusação não era verdadeira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com a Polícia Civil, amostras periciadas confirmaram que o local vendia carne equina. Mais informações sobre a operação deste sábado serão repassadas pela polícia durante o dia. O Sul Agora tentou contato com os proprietários do local, mas ainda não tivemos retorno.

O termo de interdição foi fixado pela polícia na porta do estabelecimento. O documento, assinado pelo delegado Bruno Marinho Martins, informa que a decisão foi da juíza de direito em exercício da 2ª Vara Criminal da Comarca.

Fonte: Guilherme Corrêa e Priscila Loch / Sul Agora
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia