Sexta-feira, 03 de julho de 2020
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Buscar
Fechar [x]
SEGURANÇA
08/11/2019 07h18

Nova lei em Santa Catarina prevê multa de R$ 500 para quem fizer trote para serviços de emergência

Está sancionada a lei que prevê multa para trotes efetuados aos órgãos de atendimento de emergência. O projeto, de autoria do deputado estadual Sergio Motta (Republicanos), vale para toda Santa Catarina. A nova medida administrativa institui a punição para quem praticar “brincadeiras” via telefone.

A medida vale com profissionais do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), do Corpo de Bombeiros, das delegacias de polícia e da Defesa Civil.

“É preciso ter consciência de que, enquanto uma pessoa está precisando de algum tipo de ajuda, tem gente focada em fazer trote, uma brincadeira sem graça e que não ajuda em nada”, pontua o parlamentar. Uma lei criada em 2010 já estabelecia punições para este tipo de crime, mas as alterações garantem mais rigidez nas punições.

De acordo com o major Rafael Fortunato Camilo, do Corpo de Bombeiros de Tubarão, a medida é de grande importância para o serviço de atendimento do Corpo de Bombeiros Militar. “Os trotes e brincadeiras direcionados aos telefones de emergência atrapalham e incomodam muito o serviço, além de causar prejuízo às pessoas que realmente precisam dos atendimentos, pois ocupam as linhas telefônicas”, analisa o major.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fonte: Redação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia