Sexta-feira, 04 de dezembro de 2020
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Buscar
Fechar [x]
SEGURANÇA
23/10/2020 18h04

Dois anos e meio após assassinar adolescente, jovem é condenado a 22 anos de prisão

O réu já estava preso desde o crime, cometido em Garopaba em 2018

Um jovem de 26 anos foi condenado a 22 anos de prisão por homicí​dio e lesão corporal. A sessão, presidida pela juíza substituta Mariana Medeiros Lenz, ocorreu na Câmara de Vereadores de Garopaba. Quatro testemunhas foram ouvidas por videoconferência. Elas estavam em Florianópolis, Governador Celso Ramos, Garopaba e uma no estado do Paraná. Foram 13 horas de julgamento.


O crime ocorreu em 15 de fevereiro de 2018, no bairro Areias do Macacu, quando o réu invadiu a casa de sua ex-companheira, após arrombar a porta, para agredi-la. A mulher conseguiu se desvencilhar do réu, que avistou um jovem de 17 anos, amigo da família de sua ex, dentro de casa. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O acusado bateu violentamente com a cabeça do rapaz no chão diversas vezes, e desferiu um golpe de faca na região lombar esquerda. A vítima foi socorrida e ficou internada 12 dias, mas morreu por causa das lesões, que provocaram traumatismo crânio-encefálico.


O réu foi condenado por homicídio triplamente qualificado por motivo fútil, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima, e pelos crimes de lesão corporal e violação de domicílio. Sua pena foi fixada em 22 anos, dois meses e vinte dias, em regime inicial fechado, e sete meses de detenção, em regime inicial semiaberto. O homem estava preso preventivamente desde o dia do crime e teve negado o direito de recorrer em liberdade. À decisão, cabe recurso.

Fonte: Tribunal de Justiça - Foto ilustrativa
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia