Quarta-feira, 29 de maio de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
SEGURANÇA
19/02/2024 07h05

Agente da PM orienta por telefone pais a salvarem bebê engasgada; ouça ocorrência

Por cerca de dois minutos, a agente ficou orientando a mãe. A criança voltou a respirar, e choro da criança pôde ser ouvido

Uma ligação telefônica salvou a vida de uma recém-nascida de apenas sete dias que estava engasgada com leite. O caso aconteceu na madrugada deste domingo, em Laguna.

Os pais acionaram a Polícia Militar através do número 190 e uma agente temporária ajudou pai e mãe a fazerem exercícios que ajudassem a criança a desengasgar e poder respirar normalmente.

Segundo a Polícia Militar (PM), o atendimento e a orientação aos pais foram feitos pela agente temporária Laisa Firmino Luciano, do Centro de Operações Policiais Militares (Copom).

A ligação dura menos de dois minutos e, logo após a atendente receber a chamada, a mãe da criança diz que a filha está se engasgando. Ouça o áudio da ocorrência:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Logo depois, a agente orienta a realizar a manobra de Heimlich (procedimento de primeiros socorros para casos de asfixia causada por obstrução das vias respiratórias).

Na ligação, a agente passa as informações necessárias. “A senhora vai colocá-la no antebraço. Vai colocá-la a 180 graus, aí vai dando tapa nas costinhas próximo à nuca e aí vai repetindo esse processo. Vai vendo que ela vai estar se desengasgando, aí tenta abrir a boquinha dela para ver se tem alguma coisa”, diz Laisa na ligação telefônica.

Alguns segundos depois, a mãe informa que a criança volta a respirar. Em seguida, uma viatura é deslocada para a residência.

Receba outras notícias pelo WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Sul Agora.

Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.