Quinta-feira, 02 de dezembro de 2021
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
SAÚDE
25/11/2021 14h21

Tubarão seguirá decreto estadual que libera uso de máscaras em ambientes abertos

Informação foi confirmada pelo diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde, Daisson Trevisol

A prefeitura de Tubarão vai seguir o decreto estadual publicado nesta quarta-feira (24) que libera o uso de máscaras em ambientes abertos. A confirmação foi feita pelo diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde, Daisson Trevisol, em entrevista ao portal Sul Agora no começo da tarde desta quinta (25).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo Daisson, a liberação ocorrerá conforme foi estabelecido pelo governo estadual.


"O uso de máscaras está desobrigado, mas não impedido. Eu peço que a população que tenha bastante cautela neste momento e que utilize de forma consciente. Em ambientes onde você não tem contato com nenhuma pessoa, numa caminhada, num parque, em alguns locais como praias, você pode ficar sem máscara. Em ambientes que tenha maior aglomeração, como centros das cidades, próximo de algumas lojas, em que você encontra muitas pessoas, é prudente que as pessoas continuem a usar as máscaras", destacou Daisson em vídeo divulgado no começo da tarde.


Na mesma divulgação, o diretor-presidente da Fundação de Saúde reforçou o pedido para que as pessoas completem o esquema vacinal contra a covid-19.


De acordo com o decreto do governador Carlos Moisés da Silva, no que diz respeito às máscaras, o uso delas se torna opcional nos ambientes abertos em que há possibilidade de manter distanciamento.


Nos ambientes fechados ou naqueles em que não é possível manter distanciamento, o uso continua obrigatório.


Além de Tubarão, cidades como Florianópolis, Joinville, Blumenau, Chapecó, Criciúma e Lages também já anunciaram que vão seguir o que foi decidido pelo governo do Estado, liberando o uso do acessório.


Mesmo com a flexibilização estadual, os municípios catarinenses podem manter a obrigatoriedade do uso de máscaras. Isso ocorre porque o Estado tem um programa de descentralização das ações de combate à pandemia desde julho do ano passado. Assim, as cidades podem adotar medidas mais rígidas.


O decreto também autoriza o funcionamento integral dos estabelecimentos que promovam eventos corporativos, feiras de negócios, eventos sociais, shows e entretenimento, inclusive esportivos. O decreto também estende a situação de calamidade pública até 31 de março de 2022.


Siga nosso Instagram e acompanhe tudo o que acontece no Sul. Agora: https://www.instagram.com/portalsulagora/

Fonte: Redação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.