Quinta-feira, 02 de dezembro de 2021
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
SAÚDE
16/06/2020 18h48

SC chega a 558 mortes por SRAG, mas Estado nega relação com o coronavírus

O aumento foi de 675% até o último dia 8, em relação ao mesmo período do ano passado

O número de mortes por SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) aumentou 675% em Santa Catarina até o último dia 8, em relação ao mesmo período do ano passado.


Dados divulgados pela Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica) mostram que, neste ano, houve 558 mortes pela síndrome no Estado. Em 2019, no mesmo intervalo, foram 72 óbitos. O órgão, no entanto, nega relação com o novo coronavírus, que também causa a complicação respiratória.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A comparação foi realizada com base nos boletins da Influenza, vírus que pode causar a gripe. O documento mais recente foi divulgado no dia 8 de junho e compreende casos de SRAG notificados desde 29 de dezembro de 2019, até a data da publicação.


O boletim de 2019 usado para comparativo entre os dados foi divulgado no dia 7 de junho pela Dive. Ele corresponde aos casos notificados entre 30 de dezembro de 2018 até a data da publicação do documento. Em 2019, foram registrados 240 mortes pela SRAG, número que foi superado já em maio deste ano.


O mês de maio foi o que teve o maior percentual de aumento no número de óbitos. Eram 283 no primeiro boletim do mês, divulgado no dia 11, chegando a 498 mortes notificadas em 1º de junho. Isso representa um aumento de 75% em cerca de três semanas.

Fonte: ND - Foto: Divulgação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.