Sábado, 04 de dezembro de 2021
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
SAÚDE
16/07/2020 06h55

HNSC rebate Secretaria de Estado da Saúde e diz que não recusou novos leitos de UTI

Polêmica foi criada após governo apontar quais hospitais estariam recusando novos leitos

O Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), de Tubarão, desmentiu nessa quarta-feira (15) uma nota enviada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) ao Jornal do Almoço, da NSC, que afirmava que a instituição de saúde estaria se recusando a receber novos leitos de UTI.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A polêmica teve inicio após uma fala do governador Carlos Moisés durante uma coletiva na última segunda-feira (13), que sugeriu a falta de parceria dos prefeitos para a abertura de novos leitos em Santa Catarina. O governador teria citado ainda que hospitais estariam se recusando a receber essas UTIs. A fala repercutiu e causou tensão entre o governador e a Federação Catarinense de Municípios (Fecam), que cobrou que o governo do Estado apontasse quais hospitais estariam se recusando a receber os leitos de UTI.

Os hospitais apontados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) foram:
- Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão;
- Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú;
- Hospital Universitário de Florianópolis;
- Hospital Regional São Paulo, de Xanxerê.

Em nota, o HNSC apontou o que recebeu de ajuda do governo do Estado até então e afirma que não houve recusa “naquilo que foi tratado até o momento”, e que continua aguardando a liberação de cinco novos leitos de UTI adulto. Confira a nota completa:

"O Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Tubarão, informa ter recebido da Secretaria Estadual de Saúde 13 respiradores, dez monitores e dez camas hospitalares, sendo, com isso, implantados 15 leitos de UTI Adulto e cinco leitos de UTI Pediátrica, com a complementação de equipamentos do próprio parque tecnológico do HNSC. Todos estes leitos já estão em funcionamento. Agora a instituição aguarda a habilitação dos cinco leitos de UTI Adulto restantes.


Enquanto a habilitação não ocorre, o Estado autorizou no regime extrateto, a utilização de até cinco Leitos de UTI Adulto, através de cobrança administrativa na tabela SUS, para acolher pacientes que aguardam leitos de UTI para a Covid-19. Por este motivo, informamos que não houve nenhuma recusa naquilo que foi tratado até o presente momento."


  • 1 / 1
Fonte: Redação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.