Sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
MUNDO
26/04/2021 14h28

Nova Zelândia realiza 1º show com público, sem máscaras, após controlar covid-19

Desde o começo da pandemia, o país registrou somente 2,6 mil casos e 26 mortes

Com casos e mortes por covid-19 controladas, 50 mil pessoas participaram de um concerto na Nova Zelândia no último sábado (24) no Eden Park, maior estádio do país localizado na cidade de Auckland. Foi o maior evento presencial realizado no país desde o início da pandemia. 


No estádio, as pessoas puderam circular livremente pelo espaço sem se preocupar com o isolamento social ou com o uso de máscaras faciais. O show foi da banda Six60, nativa do país, que fez questão de ressaltar nas suas redes sociais o feito inédito alcançado pela Nova Zelândia, enquanto diversas partes do mundo ainda enfrentam duras restrições para conter a covid-19.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Da próxima vez que disserem que é impossível, mostre isso a eles. Obrigado, Auckland”, escreveu a banda em um post no Instagram. A conta do Eden Park também celebrou a realização do evento, afirmando que se trata do início de uma nova era na Nova Zelândia.


Desde o começo da pandemia, o país da Oceania registrou somente 2,6 mil casos de covid-19, com apenas 26 mortes confirmadas. Esses resultados têm a ver com as medidas de restrições adotadas a partir do momento que os primeiros casos da doença começaram a aparecer em outros países. Fechamento de fronteiras, lockdown e outros bloqueios rápidos fizeram com que, hoje, seja muito difícil encontrar resquícios de distanciamento social pelas ruas do país.

Fonte: R7 - Foto: Divulgação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.