Quinta-feira, 02 de dezembro de 2021
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
MUNDO
21/10/2021 06h33

Falha em serviço expõe 1,7 bilhão de dados pessoais, afirmam pesquisadores

Serviço que integra Amazon, Mercado Livre e outros expõe 1,7 bilhão de registros, incluindo brasileiros

Uma falha no banco de dados da Hariexpress, plataforma usada por algumas das principais varejistas do país, expôs 1,75 bilhão de registros, segundo o laboratório de cibersegurança Safety Detectives. O erro tornou públicas informações como nome, telefone e endereços de clientes e vendedores.


Os pesquisadores identificaram uma configuração incorreta na base de dados da Hariexpress, cujo serviço integra marketplaces de empresas como Amazon, Mercado Livre, B2W Digital, Shopee e Magazine Luiza. As lojas não têm relação com o incidente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A plataforma da Hariexpress permite que vendedores exibam seus produtos em diversas varejistas. A integração, porém, faz a Hariexpress ter acesso a informações sobre lojistas, clientes e pedidos.


O Safety Detectives afirma que o tamanho da base de dados dificulta saber com precisão quantas pessoas foram afetadas, mas estima que o incidente afeta "centenas de milhares, se não milhões de usuários e compradores brasileiros".


"Sabemos que havia milhares de endereços de e-mail nos registros do servidor e, como tal, podemos supor que milhares de pessoas foram afetadas", disse o laboratório. "No entanto, uma estimativa exata é difícil devido à presença de endereços de e-mails duplicados".

Fonte: G1 - Foto: Divulgação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.