Quarta-feira, 21 de outubro de 2020
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Buscar
Fechar [x]
GERAL
26/03/2020 08h11

Tubarão busca medidas para tentar salvar ano letivo

Comunicação entre alunos e escola deve ser feita de forma não presencial

A Fundação Municipal de Educação (FME) deflagrou processo para evitar que o ano letivo em Tubarão seja perdido devido à suspensão das aulas para enfrentar a crise do novo coronavírus.
 
A primeira medida, segundo a prefeitura, foi solicitar aos diretores que informem, de imediato, se conseguem comunicação não presencial com todas as famílias e se os professores conseguem, também de forma não presencial, enviar para os alunos (e receber) as atividades escolares previstas nos planejamentos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Solicitamos também sugestões de atividades escolares que possam ser executadas a distância pelos alunos, que atendam aos preceitos dos conselhos Nacional, Estadual e Municipal de Educação”, informa o diretor-presidente da FME, Maurício da Silva.
 
Os procedimentos, segundo o diretor-presidente, são necessários diante da informação do Ministério da Saúde de que a crise do novo coronavírus pode ter duração de, pelo menos, 20 semanas. “Este período sem aulas dificilmente será reposto até completar os 200 dias letivos presenciais em 2020”, alerta Maurício.

Fonte: Prefeitura de Tubarão
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia