Quinta-feira, 25 de abril de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
01/03/2024 13h49

Patrick Corrêa, de Imaruí, é o segundo prefeito preso na Mensageiro a voltar ao cargo

Patrick foi eleito em 2020, filiado ao PSL, em uma situação inusitada, com apenas 25% dos votos válidos

A prefeitura de Imaruí voltou a ser comandada por Patrick Corrêa (Republicanos) nesta sexta-feira (1º). O período de afastamento do cargo estabelecido pela Justiça venceu no dia 29 de fevereiro e o Tribunal de Justiça de Santa Catarina não acatou o pedido do Ministério Público de prorrogar a medida cautelar.


Patrick segue aguardando o julgamento da ação e é o segundo prefeito a retornar ao posto depois de ter sido preso preventivamente na Operação Mensageiro. O primeiro foi Antônio Ceron (PSD), de Lages, que também aguarda sentença. Como não renunciaram aos cargos, como fez a maioria dos envolvidos, eles têm foro privilegiado e serão julgados na segunda instância.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os prefeitos que renunciaram, como Joares Ponticelli (PP), de Tubarão; Vicente Corrêa Costa (PL), de Capivari de Baixo; e Deyvisonn da Silva de Souza (MDB), de Pescaria Brava, serão julgados em suas respectivas comarcas porque deixaram de ter "foro por prerrogativa de função".


Patrick foi eleito em 2020 em uma situação inusitada. A disputa em Imaruí teve sete candidaturas e ele, então filiado ao PSL, obteve 1.814 votos, apenas 25% dos válidos.


Seu vice, Zé Chico (PDT), comandou o Executivo por quase um ano, desde 27 de abril, quando Patrick foi preso e afastado do cargo.


Receba outras notícias pelo WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Sul Agora.

Imagem: Arquivo Prefeitura de Imaruí
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.