Sábado, 29 de janeiro de 2022
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
13/08/2020 09h15

Padre Raimundo comemora 95 anos nesta quinta-feira

Padre realizou batizados, primeiras comunhões, crismas e casamentos de gerações inteiras de moradores da região

Padre Raimundo completa nesta quinta-feira (13) 95 anos. Ele, que foi ordenado padre na Catedral Metropolitana de Florianópolis, em dezembro de 1949, escreveu alguns livros, entre eles “Clarinadas do Coração”, “Sinos da Catedral” e “Espargindo Luzes”; faz parte da Academia Tubaronense de Letras (Acatul); e realizou batizados, primeiras comunhões, crismas e casamentos de gerações inteiras de moradores de Tubarão e região.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Entre as homenagens recebidas nesse dia especial, o padre recebeu uma mensagem do governador Carlos Moisés. “Tive a oportunidade de estar com ele diversas vezes na Rádio Tubá. Ele tem muito trabalho na sociedade tubaronense e na região, é muito amado por todos e quero agradecer a ele pelo seu tempo dedicado a todos”, disse o governador em vídeo.

Raimundo Ghizoni nasceu em Braço do Norte, Santa Catarina, em 13 de agosto de 1925. Foi ordenado diácono em 1949, na Catedral de Florianópolis, por Dom Joaquim Domingos de Oliveira.

De 1950 a 1952 foi professor e orientador de disciplina no Seminário Preparativo, em São Ludgero; 1952 a 1954, vigário paroquial na Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Homens, em Araranguá; 1954 a 1955, vigário paroquial na Paróquia de São José, em Criciúma; 1955 a 1963, secretário geral da Diocese de Tubarão e vigário paroquial da Catedral de Tubarão; 1963 a 1993, pároco na Paróquia da Catedral, Tubarão.

Participou da construção da Casa Paroquial da Catedral (1963), da nova Catedral Diocesana (1965-1971), do Centro de Atividades da Catedral (1987). De 1956 a 1968 foi diretor diocesano da Cáritas Brasileira; de 1956 a 1976, diretor diocesano da Federação das C.C. Marianas; de 1980 a 1982 e de 1990 a 1992, vigário comarcal da Comarca de Tubarão. Foi assessor espiritual do MFC (Movimento Familiar Cristão) na Diocese (1962 a 1989), no Regional Sul 4 (1965 a 1967 e de 1987 a 1989).

Em 1955 fundou a Fundação da Assistência e Cultura à Infância Tubaronense, a Aproet, com quatro Jardins de Infância – Jardim de Infância Santo Afonso, no Humaitá; Jardim de Infância Pio XII, construído em 1959, na Passagem; Jardim de Infância Santa Tereza, construído em 1961, no Centro; Jardim de Infância São Judas Tadeu, construído em 1966, no Bairro Dehon (600 crianças carentes atendidas).

Desde 1955 tem participação na Sociedade na Rádio Tubá, onde é diretor e criador do programa Sinos da Catedral. É titular da cadeira nº 22 na Academia Tubaronense de Letras – Acatul.
 

Fonte: Redação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.