Sábado, 25 de maio de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
19/12/2023 06h47

Moradores de Tubarão atingidos por alagamentos poderão sacar FGTS

O valor máximo para retirada é de R$ 6.220, sendo que esse procedimento será permitido a moradores de 103 ruas aprovadas pela própria Caixa

A Caixa Econômica Federal liberou o saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para moradores que sofreram perdas nos alagamentos ocorridos em outubro, em Tubarão.  

O valor máximo para retirada é de R$ 6.220, sendo que esse procedimento será permitido a moradores de 103 ruas aprovadas pela própria Caixa. Confira aqui a lista.

Os trâmites do acesso ao FGTS para as famílias atingidas por alagamentos foram iniciados ainda em outubro, por meio da coordenadoria de Proteção e Defesa Civil. A aprovação de quem poderia sacar o dinheiro ficou por conta da própria Caixa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cerca de 15 outras vias atingidas pelos alagamentos não foram aprovadas pelo banco, mas o município pretende entrar com recursos para contemplar também os moradores dessas áreas.

Caso o aplicativo do FGTS recuse o saque por conta do endereço não constar na lista de endereços habilitados, o contribuinte deve ir ao Facilita Tubarão e solicitar a inserção de rua para saque FGTS, com comprovante de residência e documento de identidade.

Outra regra importante é que o morador precisa possuir saldo na conta do FGTS e não ter realizado saque pelo mesmo motivo em período inferior a 12 meses.

Pode solicitar o saque todo contribuinte que teve sua residência atingida pelo evento de chuvas intensas. A Caixa só considera residência atingida o imóvel utilizado como moradia. Garagem e outros tipos de edificações não se enquadram nessa situação.

Confira aqui o guia de acesso ao aplicativo FGTS.

Receba outras notícias pelo WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Sul Agora.

Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.