Domingo, 19 de maio de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
28/12/2023 13h52

Especialista dá dicas para evitar o afogamento de crianças no verão

Ele destaca cinco atitudes que podem prevenir 95% dos acidentes em piscinas

A chegada do verão aumenta o alerta com a possibilidade de afogamento de crianças. De acordo com Orlando Linhares, enfermeiro da Gerência de Educação em Urgência do Samu e membro da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa), 55% das mortes na faixa de 1 a 9 anos ocorrem em piscinas e residências, enquanto crianças acima de 10 anos e adultos enfrentam maiores riscos em águas naturais, como rios, represas e praias.


Quando o Samu é acionado em casos de afogamento infantil, a agilidade é fundamental. A equipe treinada, rapidamente avalia a situação, obtendo informações sobre o estado da vítima e a extensão da exposição à água.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ele destaca cinco atitudes que podem prevenir 95% dos acidentes em piscinas:


Supervisionar constantemente


A chave para evitar tragédias é nunca deixar crianças sozinhas perto de piscinas ou corpos d’água;


Responsabilidade sem salva-vidas


Em locais sem salva-vidas, todos são responsáveis por garantir a segurança;


Conhecimento de urgência


Estar ciente de como agir rapidamente é vital;


Cercar e proteger


Instale cercas seguras ao redor de piscinas para bloquear acesso direto;


Prevenção de sucção


Utilize ralos com tampa anti-sucção de cabelos.


Receba outras notícias pelo WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Sul Agora.

Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.