Quarta-feira, 08 de julho de 2020
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Buscar
Fechar [x]
GERAL
09/12/2019 06h29

Dados do IBGE revelam queda no número de casamentos entre homens e mulheres na região

Pesquisa também mostrou que houve aumento na quantidade de casamentos homoafetivos

A região de Tubarão registrou menos casamentos em 2018 do que em 2017. Os dados foram divulgados pelo IBGE, através da Pesquisa de Estatísticas do Registro Civil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No ano passado, segundo a análise, o número de casamentos entre cônjuges masculinos e femininos na região foi de 1.659. Esse dado representa uma queda de 13% se comparado o mesmo período do ano anterior, 2017, quando foram registrados 1.923 casamentos entre homens e mulheres.  

Os números da pesquisa do IBGE também mostram que os casamentos homoafetivos aumentaram em Tubarão e região. Foram 13 no ano passado, sete entre cônjuges masculinos e seis entre cônjuges femininos. Em 2017, foram 10 registros, oito entre homens e dois entre mulheres.

A mesma pesquisa também mostra o número de processos de divórcios encerrados em 1ª instância. Na região de Tubarão, foram 628 divórcios por natureza do processo, sentença proferida e regime de bens do casamento - 334 deles definidos de forma consensual. A maior parte do casos não-consensuais de separação foi requerida pelas mulheres - 188 casos.

Números nacionais

Segundo o levantamento feito pelo IBGE, em 2018 foram 385 mil separações no país. Para cada três novos casamentos registrados no Brasil, há um novo divórcio. O tempo entre o casamento e o divórcio também está diminuindo. Conforme a pesquisa, os casamentos atualmente duram em média 14 anos, enquanto 10 anos atrás costumavam durar 17. Na hora da separação, os homens têm em média 43 anos e as mulheres 40.

Fonte: Guilherme Corrêa / SulAgora
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia