Domingo, 23 de junho de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
13/11/2020 16h56

Bolsonaro chama segunda onda do coronavírus de

Presidente deu a declaração para apoiadores nesta sexta-feira

O presidente Jair Bolsonaro chamou de "conversinha" a possibilidade de uma segunda onda de contágio do novo coronavírus no Brasil. Para apoiadores, nesta sexta-feira (13), ele disse que se houver uma nova onda do vírus é preciso "enfrentar", caso contrário o país se tornaria uma nação de "miseráveis". Na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro falou sobre a pandemia da covid-19 ao comentar a atuação dos ministérios de seu governo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Vocês vejam o que era antes, como eram os ministérios, como tudo era aparelhado no Brasil, e como estão funcionando apesar dessa pandemia aí, que nos fez gastar mais de R$ 700 bilhões", comentou. "E agora tem a conversinha de segunda onda. Tem que enfrentar se tiver (segunda onda). Se quebrar de vez a economia, seremos um país de miseráveis. Só isso", declarou.


Nesta semana, enquanto países europeus já registraram indícios de uma segunda onda e o número de casos se mantém alto nos Estados Unidos, Bolsonaro minimizou a pandemia e disse o Brasil "tem que deixar de ser um país de maricas" e enfrentar a doença. "Não adianta fugir disso, fugir da realidade. Tem que deixar de ser um país de maricas", afirmou

Terra - Foto: Divulgação
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.