Sábado, 23 de outubro de 2021
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
13/07/2020 16h52

Álcool fabricado em Tubarão retirado das prateleiras tinha 60% de concentração

Orientação é que os consumidores observem e denunciem caso encontrem o lote em circulação

O lote de álcool em gel fabricado em Tubarão e retirado das prateleiras pelo Procon estadual na semana passada tinha apenas 60,53% de concentração, na Operação Álcool Falso. A constatação foi feita durante testes da Fundação Universidade Regional de Blumenau (Furb).


A empresa Brilholac foi interditada por 48 horas e foi determinado o recolhimento do lote com irregularidades, de número 60. A orientação do Procon de Tubarão é que os consumidores observem e denunciem caso encontrem o lote em circulação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Os fabricantes aproveitaram da crença dos consumidores que acreditavam comprar um produto eficaz, mas que na realidade os deixavam mais suscetíveis de contrair e propagar a doença, o que torna o fato gravíssimo, por comprometer a saúde e a ordem pública”, avalia a coordenadora do Procon de Tubarão, Andresa Fontanela.


Além de descumprir o Código de Defesa do Consumidor, a conduta também atinge a saúde dos consumidores, já que o uso do álcool em gel é uma das medidas preventivas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), na condição de produto antisséptico que auxilia na prevenção do contágio e da propagação pelo vírus da covid-19.


A redação do Sul Agora entrou em contato com a empresa por telefone, mas não conseguiu conversar com a pessoa responsável. Se houver retorno da ligação, esta matéria será atualizada.

Fonte: Prefeitura de Tubarão - Foto ilustrativa
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.