Quarta-feira, 24 de julho de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
04/10/2020 20h04

Abandonado, prédio projetado para o IGP de Tubarão é ocupado por moradores de rua

A obra foi iniciada há quase seis anos e nunca concluída. Mais de R$ 300 mil foram gastos

Iniciada há quase seis anos, a deterioração da construção projetada para receber o IGP de Tubarão, no bairro Humaitá de Cima, será levada ao Ministério Público. A denúncia é do deputado estadual Bruno Souza (Novo), que esteve no local - como mostra a foto - e se deparou com usuários de drogas e moradores de rua usando o prédio.


Toda a fiação foi furtada e não existe nenhum tipo de impedimento para que qualquer pessoa acesse o local. Com dispensa de licitação, a obra começou em janeiro de 2015 e deveria estar pronta em outubro do mesmo ano.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O projeto previa investimento de R$ 514 mil para construir uma área de 560 metros quadrados, com dois pavimentos. Foram autorizados quatro aditivos de prazos e, mesmo com 720 dias, a empresa abandonou a obra com 66% e recebeu R$ 338 mil.


Um novo processo foi aberto em março de 2017 e a empresa vencedora apresentou a proposta de R$ 215 mil - o valor estimado era de R$ 331 mil. Contratada em outubro, a empresa desistiu apenas quatro meses depois e as outras que participaram da tomada de preços não aceitaram assumir.


Desde então, é aguardado o lançamento de uma nova licitação. Porém, não existe expectativa de quando o governo do Estado fará isso.

Priscila Loch/Sul Agora - Foto: Guto Kuerten
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.