Quinta-feira, 25 de abril de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]

BLOGS E COLUNAS

Lucro do pedágio passa de R$ 106 milhões em 2023

02/03/2024 13h08

O lucro da CCR sobre os motoristas que trafegam no trecho sul da BR-101 passou dos R$ 100 milhões pelo segundo ano consecutivo. E vai aumentar ainda mais, com o novo sistema de cobrança que será implantado em breve. Lucro que vai limpinho pro bolso dos acionistas, já descontadas todas as despesas.


Ao final do contrato, os donos da CCR terão levado daqui para suas contas mais de R$ 3 bilhões, livres de despesas, numa espécie de Robin Hood às avessas.


Por que trago essas informações aos leitores? Simplesmente porque o pessoal da CCR quer esconder. Eles não querem que o pessoal que more aqui saiba desse lucro escandaloso, e aceite sem reclamar que a principal cidade do Sul catarinense cortada pela BR continue sem um trevo decente no acesso norte.


Eles entopem a caixa de e-mail dos jornalistas falando da roçagem que fazem ao longo da BR. Mas nada falam das obras que seriam necessárias.


Querem que as pessoas achem que é uma modernidade pagar por um pedágio que vai dispensar todos os funcionários em breve, e colocar um sistema sem cancela para os bandidos enviarem falsos boletos de cobrança, penalizando duplamente o motorista, no que já é conhecido como o golpe do free flow.


Pagamos com nossos impostos a duplicação da BR, e pagamos para poder andar nela. O dinheiro que iria para obras vai para o bolso de bilionários.


Leia também: Lucro do pedágio aumenta 87% e rende R$ 112 milhões à CCR



LÚCIO FLÁVIO
Lúcio Flávio de Oliveira
Diretor de Redação do Sul Agora. Lúcio Flávio de Oliveira é formado em Comunicação Social (Jornalismo) e Direito pela Unisul e tem MBA em Gestão Empresarial pela FGV.
CARREGAR MAIS
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.