Quarta-feira, 28 de julho de 2021
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]

BLOGS E COLUNAS

Feliz feito um vacinado

24/06/2021 11h59

Nesta semana a vacinação acelerou e receberam a primeira dose os que têm entre 43 e 49 anos. Quando chega a esperada vez de receber a injeção, a maioria se emociona e muitos fazem os devidos registros em suas redes sociais. É preciso mesmo agradecer, e muito, aos cientistas que conseguiram uma vacina rápida para que a humanidade pudesse combater esse vírus, e pôr um fim à pandemia.


Assim está sendo no mundo todo, ou quase no mundo todo. Temos de excluir desta festa nosso país tropical. Na Europa, já se pode ir a bares e restaurantes sem máscara, e até a jogo de futebol – enfim, vida normal. Nada de novo normal. O bom e velho normal de sempre está de volta na maioria do mundo civilizado, onde apostaram na compra de vacinas e já imunizaram a maior parte da população.


Aqui, onde até hoje tem médico e político que defende o uso da cloroquina ao invés da vacina, iniciamos a vacinação com atraso, em janeiro. Terminamos o verão, atravessamos o outono inteiro, chegamos ao inverno e não temos ainda 12% da população imunizada com duas doses. Só na primavera talvez consigamos igualar a marca que os demais países já atingiram, e nos livremos até da máscara.


Enquanto isso, nosso capitão vai colocando o Brasil acima de todos no ranking macabro de mortos pela covid. Já passamos de meio milhão de mortos. A maioria perdeu a vida quando já podiam ter sido vacinados, se o governo tivesse comprado as benditas doses. Como pode um país que sempre foi referência mundial em vacinação virar essa terra de negacionistas, apostando em kit covid?


Por isso, entendo a alegria e o alívio dos vacinados. Um amigo me disse brincando um dia desses: “Estou feliz como um vacinado”. Alguns prefeitos estão comemorando até que 50% da população adulta já está vacinada. Entendo isso também, mas não concordo. Aqui em casa somos quatro. Eu, minha mulher e dois filhos. Eu e ela estamos (meio) vacinados. Os dois filhos, ainda não. Dá para comemorar?

LÚCIO FLÁVIO
Lúcio Flávio de Oliveira
Diretor de Redação do Sul Agora. Lúcio Flávio é formado em Comunicação Social (Jornalismo) e Direito pela Unisul e tem MBA em Gestão Empresarial pela FGV.
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.