Segunda-feira, 28 de setembro de 2020
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Buscar
Fechar [x]
BRASIL
07/01/2020 20h39

Poupança tem o menor saldo entre depósitos e saques desde 2016

Na comparação com 2018, a captação líquida da poupança caiu 35% em 2019

Aplicação mais popular entre os brasileiros, a caderneta de poupança encerrou o ano de 2019 no azul, mas a captação líquida, ou seja, o saldo entre os depósitos e os saques dos correntistas nessa categoria de investimento, foi o menor dos últimos três anos. No ano passado, os depósitos superaram os saques em R$ 13,2 bilhões, pior dado desde 2016, quando R$ 40,7 bilhões foram retirados das cadernetas, informou o Banco Central (BC) nesta terça-feira (7).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na comparação com 2018, a captação líquida da poupança caiu 35% em 2019. Naquele ano, R$ 38,2 bilhões foram destinados pelos correntistas a essa categoria de investimento, ainda de acordo com os dados do BC.

Ao longo de todo o ano passado, os depósitos somaram R$ 2,475 trilhões, e os saques R$ 2,461 trilhões. Com mais ingressos do que retiradas, o volume total aplicado na caderneta de poupança fechou 2019 com R$ 845,4 bilhões. Dessa perspectiva, o cenário da poupança cresceu, já que em 2018 o saldo ficou em R$ 797,2 bilhões.

Fonte: Exame
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • E-mail
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia