Terça-feira, 28 de maio de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
BRASIL
14/05/2024 12h47

Condenados do 8/1 quebram tornozeleiras e fogem do Brasil

Segundo o Uol, ao menos 51 pessoas suspeitas têm mandados de prisão em aberto ou fugiram

Uma reportagem do Uol revela que ao menos dez militantes bolsonaristas condenados ou investigados por participarem dos ataques golpistas às sedes dos Três Poderes, em 8 de janeiro do ano passado, quebraram suas tornozeleiras eletrônicas e fugiram do Brasil.


Segundo a matéria, ao menos 51 pessoas suspeitas têm mandados de prisão em aberto ou fugiram. A reportagem identificou dez pessoas que fugiram para o exterior neste ano pelas fronteiras de Santa Catarina e Rio Grande do Sul com destino à Argentina e ao Uruguai.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sete dos fugitivos já foram condenados pelo STF (Supremo Tribunal Federal) a mais de dez anos de prisão por participarem de tentativa de golpe de Estado no 8 de Janeiro. O levantamento foi feito com base em registros do STF e CNJ (Conselho Nacional de Justiça), como ordens de prisão, e em entrevistas com parentes, investigadores, amigos e advogados.


Os fugitivos


- Ângelo Sotero, músico, 59 anos, de Blumenau

- Gilberto Ackermann, corretor de seguros, 50 anos, de Balneário Camboriú

- Raquel de Souza Lopes, 51 anos, de Joinville

- Luiz Fernandes Venâncio, empresário, 50 anos, de São Paulo (SP)

- Flávia Cordeiro Magalhães Soares, empresária, 47 anos

- Alethea Verusca Soares, 49 anos, de São José dos Campos (SP)

- Rosana Maciel Gomes, 50 anos, de Goiânia (GO)

- Jupira Silvana da Cruz Rodrigues, 58 anos, de Betim (MG)

- Daniel Luciano Bressan, pedreiro e vendedor, 37 anos, de Jussara (PR)

- Fátima Aparecida Pleti, empresária, 61 anos, de Bauru (SP).


Receba outras notícias pelo WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Sul Agora.

Foto: Joédson Alves/ Agência Brasil
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.