Sábado, 23 de outubro de 2021
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]
GERAL
14/08/2020 20h01

Amostras de carne sem procedência são recolhidas de açougue para análise

Estabelecimento foi fiscalizado após denúncia de que vendia carne de cavalo

Amostras de carne do açougue denunciado como comprador de carne de cavalo foram recolhidas do estabelecimento em Tubarão e serão enviadas para análise. Nesta sexta-feira (14), após a prisão de dois homens em um abatedouro de Imaruí, o açougue foi fiscalizado pelo Procon, Polícia Civil e Cidasc.


Segundo a coordenadora do Procon municipal, Andresa Fontanela, foram encontradas no local peças de carne sem procedência. Foi feito um auto de constatação e os proprietários devem ser multados na próxima semana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"O Procon participou da ação porque os consumidores têm que receber o produto com selo, contendo informações, conforme o artigo 6º, inciso 3 do Código de Defesa do Consumidor", esclarece Andresa.


Os homens flagrados no abatedouro na localidade de Sítio Novo foram presos e autuados por maus tratos contra animais e crimes contra as relações do consumo; os 450 quilos de carne apreendidos eram impróprios. Os acusados afirmaram à polícia que vendiam a carne de cavalo por R$ 7 o quilo.


Nas redes sociais, os donos do estabelecimento negaram qualquer irregularidade e afirmaram que tomarão as providências legais para punir quem divulgou informações falsas apontando como verdadeiras as acusações contra o açougue.

Fonte: Priscila Loch/Sul Agora - Foto: Procon
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.