Quinta-feira, 25 de abril de 2024
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Buscar
Fechar [x]

BLOGS E COLUNAS

A Páscoa e Jesus no templo

28/03/2024 12h32

A palavra Páscoa deriva do aramaico Pasha, do hebraico Pesah (Pessach - dança cultual) e refere-se à passagem do Sol pela constelação do carneiro (ou Lua) no seu ponto mais alto.

A origem da celebração da Páscoa remonta antes mesmo de Moisés, festejada por pastores e posteriormente por israelitas.


Na Bíblia, Pesah indica "festa". Mais tarde, a "Festa do Ázimo" ficou unida com a Páscoa. Ambas as festas caíam na primeira Lua cheia da primavera, lembrando o Êxodo (conforme a tradição, este evento ocorreu na primavera). Os ritos das festas estavam relacionados com os acontecimentos do Êxodo.


A Páscoa era celebrada no primeiro mês, chamado Abib. Mais tarde, foi chamado Nizan (março ou abril). O "Dia da Páscoa" tem o sentido de fortificar os laços familiares além da solidariedade.


Segundo o costume judaico, todos os anos, os fiéis dirigiam-se a Jerusalém para a festa de Páscoa, o Pesah, que comemora o fim do período de escravidão dos hebreus no Egito.


José e Maria participavam todos os anos dessa festividade. Quando Jesus completou doze anos, foram até lá, segundo o costume do dia. Aos doze anos, a cultura judaica fixava os critérios orientativos para estabelecer a idade madura, ou seja, "a obrigação de observar o Torá, a lei de Moisés, e oficialmente ser admitido na comunidade".


Eram muitos grupos de fiéis que andavam, cantavam e rezavam. As mulheres iam separadas dos homens; as crianças escolhiam ficar com os pais ou com as mães. Maria, por sua enorme devoção, acompanhou José e Jesus, embora as mulheres não fossem obrigadas a participar das festividades.


A família chegou ao templo, onde permaneceu naquele dia de festa. Terminadas as comemorações, regressaram para casa. O menino, porém, ficou em Jerusalém, sem que os pais soubessem.


Pensando que ele se encontrava na caravana, José e Maria chegaram a percorrer um dia de viagem de retorno, quando começaram a procurá-lo entre parentes e conhecidos.


Não tendo encontrado o filho, voltaram imediatamente a Jerusalém. Eles reviraram a cidade, indo às casas de conhecidos e parentes, por mais distantes que fossem. Passados três dias e perdendo as esperanças, encaminharam-se para o templo.


Lá chegando, viram um grupo de pessoas discutindo. Aproximaram-se e perguntaram se alguém teria visto um rapaz que estivesse perdido. Avistaram então Jesus no centro do grupo, sentado entre os doutores, a ouvi-los e a fazer-lhes perguntas.


Todos ficaram admirados com o discernimento que Ele demonstrava ao responder as perguntas sobre os mais variados assuntos. Maria, ao vê-lo - e contrariando os costumes que proíbem a aproximação de mulheres no templo junto aos homens, na frente de todos, disse-lhe: "Filho, por que nos fizeste isto? Olha que teu pai e eu andávamos aflitos a tua procura".


Jesus, com a mesma calma que falava, levantou-se, despediu-se dos doutores e, abrindo o círculo de pessoas que o rodeavam, foi até sua mãe. Ele respondeu-lhe: "Por que me procuráveis? Não sabíeis que devia estar na casa de Meu Pai?". Depois, em silêncio, empreenderam o regresso, voltando a Nazaré, onde Jesus era-lhes submisso.


Existe uma ligação espiritual entre a "Apresentação do templo" e o episódio da "Perda de Jesus e reencontro no templo". Jesus revela, no segundo episódio, sua verdadeira identidade: é filho legal de José, mas a paternidade é divina e, portanto, a que deve prevalecer acima de tudo.



MONICA BUONFIGLIO
Magia dos Anjos
Monica Buonfiglio é editora e escritora, com 50 livros publicados. É também comunicadora da Rádio Mundial. Foi recordista de vendas, permanecendo na lista dos mais vendidos com três obras no ranking de best-sellers. Seus livros foram lançados também em outros países. Recebeu vários prêmios e homenagens por sua contribuição à cultura e educação no Brasil e no exterior.
CARREGAR MAIS
Agora Sul
  • WhatsApp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Contato
Sulagora.com. Tudo o que acontece no Sul. Agora. © 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.